SP 18/05/2015 - TRT-3ª - Meras fofocas não fazem prova de assédio sexual